As 12 melhores oportunidades de negócio para Realidade Virtual


Tempo de Leitura: 7 min

 

Falemos da Realidade Virtual. A RV é uma tecnologia de interface que manipula, por completo, os sentidos do utilizador. Isto acontece devido a sua interface, com gráficos 3D e 360º, permite criar um ambiente totalmente virtual que transporta a perceção do utilizador para outra dimensão.

Através desta tecnologia, a nossa localização é completamente irrelevante, pois podemos experienciar outras realidades que, de outra forma, não seriam possíveis.

Estes últimos anos têm sido enormes para a Realidade Virtual e as previsões de futuro são ainda mais promissoras – é expectável que as experiências imersivas que a RV nos dá sejam cada vez mais e mais reais.

Quando ouvimos falar em Realidade Virtual, a primeira aplicação que associamos a esta tecnologia são jogos. A RV veio, sem dúvida, revolucionar o mercado dos videojogos – mas há outros negócios que também serão impactados e beneficiarão de inovações e vantagens.

Para compreender como serão estes negócios nos próximos anos, um grupo de empreendedores da Young Entrepreneur Council (YEC) reuniram-se para explicar algumas das melhores oportunidades de negócio que antecipam para a Realidade Virtual.

 

  1. As marcas vão utilizar a RV para aumentar a lealdade do consumidor

As marcas e a Realidade Virtual foram feitas uma para a outra. As marcas e as empresas vão aumentar o engagement dos consumidores através de experiências de RV que os eduquem e entretenham. Isto vai criar novas relações entre marcas e consumidores à medida que eles comecem a interagir com estas ferramentas tecnológicas. A tarefa mais difícil que as marcas têm é conseguir que a sua audiência sinta, de facto, alguma coisa. As experiências de VR, sendo imersivas e interativas, vão contribuir com um grande push para este objetivo.

Ashleigh Hansberger, Motto

  1. Haverão desafios nas Teleconferências

Conectar várias pessoas por telefone e interagir com caras “pixelizadas” num ecrã é das tarefas mais difíceis de concretizar nos negócios de hoje em dia. A Realidade Virtual vai mudar este cenário e permitir que estas reuniões online decorram num ambiente mais natural e pessoal – ainda que, virtual. À medida que a tecnologia evolui vamos, provavelmente, ser capazes de incorporar expressões e contacto visual nestas simulações, o que vai aumentar a produtividade destas reuniões. Quem sabe, possa ser até um passo na direção de uma redução de algumas viagens de trabalho.

Tony Scherba, Yeti

  1. Melhorias no e-Commerce para produtos que requeiram experimentação

Paralelamente à Realidade Aumentada, a Realidade Virtual vai ter um grande impacto no comércio online. Um dos setores do comércio online que não está a ter um avanço tão grande é o da venda de produtos que requeiram ser experimentados, como a roupa ou mobília para a casa. Ter a possibilidade de “ver” estes produtos é determinante para a decisão de compra dos consumidores e estas ferramentas vão dar um forte avanço a este setor de mercado.

Tolga Tanriseven, GirlsAskGuys

  1. Mudanças no mercado da Educação

Haverão aplicações para todos os níveis de ensino, incluindo colégios e universidades, a Realidade Virtual pode tornar a educação mais rica e eficaz, através de formas de ensino inovadoras e mais dinâmicas do que as tradicionais. As empresas e instituições de ensino que incluam a Realidade Virtual na sua oferta de ensino conseguirão diferenciar-se e valorizar-se.

Drew Hendricks, Buttercup

  1. Processos de Design melhorados para os produtos

A Realidade Virtual vai enaltecer, ainda mais, as habilidades de design dos produtos. Com as simulações que a RV permite, os designers serão capazes de fazer testes mais eficazes e dinâmicos e tornar estes testes e protótipos acessíveis a qualquer pessoa, sem terem que estar no mesmo espaço. Isto vai permitir um feedback mais certeiro e rápido, bem como diminuir alguns custos de produção.

Jayna Cooke, EVENTup

  1. Acesso a experiências imersivas em qualquer lado

O único fator limitativo dos business cases de RV são a nossa imaginação. A diversidade de aplicabilidades desta tecnologia é cada vez maior e sê-lo-á ainda mais no setor do comércio online. Atualmente, um dos maiores problemas do e-Commerce, tanto para as empresas como para os consumidores, é o comércio de produtos que não correspondem às expectativas. A RV dá-nos a oportunidade de criar uma experiência imersiva na qual o consumidor pode analisar um produto e ter um entendimento mais profundo do que está a comprar. O mesmo princípio aplica-se à marcação de hotéis, carros e viagens. Isto reduz o esforço de compra, aumentando a concretização das vendas.

Michael King, IPullRank

  1. Inovações nas experiências de entretenimento, filmes e videojogos

O entretenimento foi a primeira indústria a receber modificações da RV e continua a ser a mais influenciada. Basta imaginarmos como seria sentarmo-nos confortavelmente em casa a ver programas de desporto em Realidade Virtual – é como estar lá. O impacto será semelhante em videojogos e filmes.

Ashu Dubey, 12 Labs

  1. Aumento das vendas no setor Imobiliário

Ninguém gosta de comprar uma casa com base em figuras e a maioria das pessoas não tem disponibilidade para visitar todas as casas em que está interessada. A RV pode ser uma grande ponte entre os interessados em ver a casa e os interessados em vendê-la. Isto vai ajudar os vendedores a diminuir o turnover através de uma redução de visitas físicas à casa e aumentar a concretização de vendas e a eficiência dos negócios no imobiliário.

Cody McLain, SupportNinja

  1. Departamentos de Recursos Humanos serão 100% remotos

O melhor aspeto da Realidade Virtual nos Recursos Humanos é a permissão de um maior engagement e interações entre os candidatos e colaboradores com o departamento de RH – seja no processo de entrevista, treino ou uma reunião. Isto permite a pessoas que estão em lados opostos no mundo simular um ambiente presencial, frente a frente. Isto vai aumentar a performance e eficácia da gestão de recursos humanos a níveis mais elevados.

Derek Capo, eFin

  1. Nos setores da Saúde e do Fitness

A RV vai tornar-se banal para todos aqueles que quiserem visualizar o futuro como se já lá estivessem. Atletas e médicos já utilizam hardware como óculos de Realidade Virtual para observar os resultados futuros dos seus objetivos, incluindo saúde e performance. Teremos finalmente a possibilidade de sair dentro de nós próprios e alcançar vitórias, combater doenças ou fechar os negócios perfeitos.

Matt Wilson, Under30Experiences

  1. Experiências de aprendizagem imersivas On-the-Job

Praticar discursos em frente a audiências virtuais ou trabalhar num escritório virtual inserido no escritório real do outro lado do mundo vão ser experiências on-the-job possíveis com RV. A quantidade de capacidades que vamos adquirir por recurso a esta ferramenta vão escalar por não terem limites práticos ou geográficos.

Alexandra Levit, Inspiration at Work

  1. Localização geográfica irrelevante

Vivemos numa era virtual onde o uso do Skype, WhatsApp e outras apps de comunicação digital tornam a tua localização irrelevante, pois ligam-nos a qualquer parte do mundo. Com a Realidade Virtual, a tua localização não só será irrelevante como te podes transportar, virtualmente, para qualquer parte do mundo.

Ayelet Noff, Blonde 2.0

 

Estas 12 conclusões sobre a Realidade Virtual foram concebidas pela readwrite.

Se quiseres saber mais informação sobre as nossas ferramentas tecnológicas e as soluções que oferecem na inovação dos processos e negócios, conta com a NextReality para ser o teu parceiro de confiança na transformação digital da tua empresa.

Assiste agora à nossa battle entre Realidade Aumentada e Realidade Virtual!